Inspiração: Kunskapsskolan

Continuando sobre a série de posts que mostram as iniciativas que inspiraram a criação do Estaleiro Liberdade, vou apresentar hoje a Kunskapsskolan.

“Minha força motivadora é fazer o que é importante, e se você me perguntar o que é importante, é proporcionar as crianças o melhor começo possível na vida.” Peje, criador da metodologia KED.

A Kunskapsskolan é uma rede de escolas que nasceu na Suécia há 10 anos atrás  e hoje está presente em 4 países (Suécia, Inglaterra, Estados Unidos e Índia). Em cada lugar diferente da Suécia ela faz uma adaptação, mas o método KED e os princípios se mantêm os mesmos.

Bom, o que é KED? KED é a metodologia desenvolvida e tem como princípio que “um tamanho não serve para todo mundo” – ou seja, ela realiza trabalhos com indivíduos e suas necessidades específicas e não de maneira massificada como ocorre normalmente.
Cada aluno possuí objetivos pessoais – É o aluno que escolhe o quanto ele quer saber de cada matéria (obedecendo o mínimo do currículo nacional). Isso é medido por níveis, então é possível dar mais atenção a matemática e história se essas são as matérias que mais chamam a atenção do aluno. Cada objetivo é traçado junto com o professor que também realiza o trabalho de mentoring/couching e este é o responsável por incentivar o aluno para se aprofundar cada vez mais, criando motivação para o aprendizado através da relação da matéria com a realidade.
Semanalmente o aluno se encontra com o mentor e define seus objetivos de aprendizado para a semana e também define uma estratégia de como pretende chegar ao resultado traçado. No término da semana a estratégia é revista para verificar o quão efetiva ela é para o aluno. Dessa maneira o aluno compreende e avalia quais são suas matérias favoritas e qual é o seu método preferido de aprendizado.
Todas esses objetivos e estratégias são registrados em um “diário”, que serve como apoio para todos os momentos de análise.

Além de trabalhar com as matérias curriculares por níveis pessoais, há também projetos pessoais que devem ser desenvolvidos usando a mesma metodologia.

Algo que também deve ser falado é sobre a arquitetura das escolas. Todas as paredes são de vidro, inclusive a sala dos diretores. Tudo é transparente (salvo os banheiros). Há espaços que servem apenas para estudo individual – seja com sofás, computadores ou fones de ouvido para estudar com música. Tudo é válido para que os alunos testem suas estratégias de como eles aprendem melhor as matérias e realizam seus projetos.

Ficou curioso? Continua essa conversa conosco através dos comentários!